O BEIJO

O beijo é muito importante ao longo da nossa vida…

Quando nascemos o beijo da nossa mãe…e também do nosso pai…

Enquanto crianças a forma como somos amados(as), a ternura que nos
dão, e obviamente muita através dos beijos, podem moldar o nosso
caráter…

No início da adolescência…nas nossas amizades, no nosso primeiro namoro…

Quando sentimos pela primeira vez o que é estar apaixonada(o)…Aí são

aqueles momentos em que quantos mais beijos damos ou recebemos mais

queremos…há uma necessidade absoluta…

Será muito bom quando se mantém a partir daí na nossa vida, o amor e os
beijos. Que a relação entre duas pessoas nunca perca a chama…e os beijos
continuem a acontecer.

Às vezes perto da Morte (o final da nossa vida) também necessitamos do
beijo. Há uma necessidade de sentir que quem está perto gosta de nós, e nos
dá beijos, para que tenhamos força para superar o sofrimento ou para ultrapassar
“a porta” sabendo que valeu a pena a vida.

Em suma: a vida sem o beijo não valeria a pena.

quadro: O beijo: Gustav Klimt

Autor: sinfoniaesol

Viver é o mais importante de tudo e se for com amizade, amor e saúde, que mais pedir?Viva a Vida!!!

4 opiniões sobre “O BEIJO”

  1. Não resisti a deixar aqui um poema muito engraçado e que 2 alunos meus encenaram, uma vez, há muito tempo, num espectáculo na escola.

    Poema

    Beijo

    Beijo na face
    Pede-se e dá-se:
    Dá?
    Que custa um beijo?
    Não tenha pejo:
    Vá!

    Um beijo é culpa,
    Que se desculpa:
    Dá?
    A borboleta
    Beija a violeta:
    Vá!

    Um beijo é graça,
    Que a mais não passa:
    Dá?
    Teme que a tente?
    É inocente…
    Vá!

    Guardo segredo,
    Não tenha medo…
    Vê?
    Dê-me um beijinho,
    Dê de mansinho,
    Dê!

    *

    Como ele é doce!
    Como ele trouxe,
    Flor,
    Paz a meu seio!
    Saciar-me veio,
    Amor!

    Saciar-me? louco…
    Um é tão pouco,
    Flor!
    Deixa, concede
    Que eu mate a sede,
    Amor!

    Talvez te leve
    O vento em breve,
    Flor!
    A vida foge,
    A vida é hoje,
    Amor!

    Guardo segredo,
    Não tenhas medo
    Pois!
    Um mais na face,
    E a mais não passe!
    Dois…

    *

    Oh! dois? piedade!
    Coisas tão boas…
    Vês?
    Quantas pessoas
    Tem a Trindade?
    Três!

    Três é a conta
    Certinho, e justa…
    Vês?
    E que te custa?
    Não sejas tonta!
    Três!

    Três, sim: não cuides
    Que te desgraças:
    Vês?
    Três são as Graças,
    Três as Virtudes;
    Três.

    As folhas santas
    Que o lírio fecham,
    Vês?
    E não o deixam
    Manchar, são… quantas?
    Três!

    João de Deus, in ‘Campo de Flores’

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s