ESCUTA-ME (Vinicius Carvalho)

Será que um poeta consegue não falar de amor, não escrever o amor?

Eu li, que todas as poesias são poesias de amor, mesmo que não falem de amor.

O amor acaba entrando em todas as poesias, mesmo quando não se quer falar de amor.

Eu já me entreguei aos goles, aos beijos, já cansei de viver- já vi a minha poesia com o mesmo tédio que há na vida!

Eu já pedi colo onde eu pudesse sentir-me feliz.
Já criei o meu cordel- criei sonhos, e quis viver uma vida que não existia.
Mas antes que o tempo passe, antes de todas as coisas passarem, eu falo dos olhos, que no final, sempre me inspiram.

Eu quero ter calma, eu quero ser- sem me cansar de ser!
Se for apenas eu, pergunto-me o que devo amar- em que teto devo estar?
Onde as conversas se escondem, e as tardes que não existem mais?
sentimentos que passam.

Mas e quanto a mim?
Sou um senhor pensando-lembrando o passado?
Eu tenho 20 anos e ainda existe o hoje, o passado não é continuo, e eu vou viver o presente!

Eu quero ser verbo- indefinível de tempo!

No fim, serei eu como sempre e como nunca fui.

(gentilmente cedido pelo Vinicius

do blogue http://viniciuseduardocarvalho.blogspot.com

que sugiro visitem.

QUERO ME ESQUECER – Gena Maria

Quero me esquecer de que fui tua
Quero me esquecer de que te amei
Foste o grande amor de minha vida
Sonho mais formoso que sonhei

Esquecer os momentos de abandono
Horas em que julguei que me amaste
Instantes em que pensei que era feliz!

Quero esquecer de ti, de teu carinho.
Das palavras de amor que me disseste
Dos dias lindos de felicidade
E de todos os beijos que me deste

Quero esquecer para sempre esse passado
De felicidade falsa e mentirosa
Em que julgava ser por ti amada
E queria viver para adorar-te

Não te desejo mal, nem te maldigo.
Não tens culpa, és um grande torturado.
Não soubeste compreender meu sentimento
Nem a minha sensibilidade alcançar

Tens a alma vazia de ternura
E o teu coração não sabe amar
Quero me esquecer de que fui tua
Quero me esquecer de que te amei.

 

(gentilmente cedido pelo blogue:

http://genapoeta.blogspot.com

que sugiro visitem.)