Hoje foi um dia contraditório para mim

10 anos sobre a queda das Torres Gémeas.

10 anos sobre a saída de minha irmã do Instituto Português de Oncologia após uma operação

(felizmente está connosco).

1 ano sobre o nascimento do Rodrigo, seu bisneto.

E  também hoje se completou 38 anos   da morte de Salvador Allende(no Chile)confome me lembrou e bem o MFC.

A vida é assim mesmo, uma miscelânia de várias situações, umas boas outras más.

Há acontecimentos que mudam o rumo da história.

Há acontecimentos que não tornam a vida das pessoas melhor ou dos países.

Eu que estou a dias de completar 65 anos, tenho consciência que vivi ao longo da minha

vida acontecimentos de relevo, mas sinto que neste momento a instabilidade é geral,

porque até a relação entre as pessoas não está fácil, e então no mundo laboral…

As pessoas vivem com muitos medos, e com razão.

Portanto vivi este 11 de Setembro de 2011 com diversos estados de alma.

Irene Alves

MUTISMO – gentilmente cedido por SOCORRO MELO

Quanto mais me aproximo
Mais longa se faz a distância
Mais cresce no peito a ânsia
E tanto mais desanimo…

Quão tortuosos caminhos
São esses que eu percorro
Por vezes vislumbro socorro
Em nuances de carinhos

Mas quando a palavra impera
Tal qual açoite cortante
Deixa mágoa lancinante
E a distância então prospera

Palavras que não são ditas
Divagam no céu da mente
E machucam cruelmente
Remoendo a vã desdita

Acorrento a minha voz
Num mutismo exacerbado
E o coração mutilado
Chora a sua dor atroz

(Socorro Melo)

sugiro uma visita ao seu blogue
http://msocorrom.blogspot.com