Com a certeza da minha amizade. Um grande beijinho

Anúncios

chegando ao fim o ano de 2011

Dizem que se deve deitar fora tudo o que já não interessar…

Dizem que ano novo vida nova…

Mas será que é assim? Será que ao deitar fora x coisa agora não
nos vírá a fazer falta numa outra altura do próximo ano ou seguintes?

Pessoalmente sou para aí uns 50% conservadora…portanto tenho dificuldade
em me separar das minhas coisas, até porque todas as que tenho foram fruto
de muito trabalho meu e de meu marido…

E em relação às pessoas que nos possam ter desiludido muito em 2011 também
as deveremos colocar definitivamente de parte?

……………………………………………………………………..

Também (em pensamento se diz: ano novo/vida nova) mas será que com a tal crise
teremos a possibilidade de refazer tudo de novo?

Eu, como qualquer outra pessoa(penso) tenho ideias de coisas que gostaria de
modificar, de inverter, de renovar, de reiventar até…mas será que o 2012 é
propício a tal?

Eu sei que na noite do dia 31 de Dezembro às 00 horas se passa para o dia 01 de
Janeiro de 2012(na folha do calendário) é mais fácil…não posso pegar em toda
a minha vida de 2011 colocar nuns sacos de lixo e mandar para os contentores…

Muda a folha do calendário, eu posso ter ideias de alterações que gostaria de
concretizar, mas na passagem da folha do calendário, eu fico igual.

Parece que não ando a perceber…

Então os trabalhadores portugueses têm que trabalhar mais meia hora por dia
e os deputados tiveram férias prolongadas no Natal???
Será que o país dispensa a produção dos mesmos? E ter menos 3 dias de férias
por ano, porque o país precisa de mais produção?

……………………………..//…………………………………….
É ver todos os membros do Governo a alertarem para o terrível ano de 2012
que vem a caminho…
……………………………..//……………………………………..

Metem-nos tanto medo, parece que vem aí um tufão daqueles terríveis
que tudo vai derrubar…tudo vai destruir…

……………………………..//………………………………………

Vêm ministros e chefes das Polícias tranquilizarem-nos e dizer que não
há falta de policiamento, logo de segurança…
E os “mauzinhos” não os ouviram, porque continuaram as suas
brincadeiras em que tudo destroem e roubam?

……………………………….//……………………………………….

Ah, também achei estranho as/os srªs e srºs. deputados que tanto têm
comentado mais a meia hora por dia para os trabalhadores terem
aceitado e gozado os seus dias de Férias Natalícias.Porquê
que não recusaram?

……………………………….//…………………………………………

E quem se importa que os comboios fiquem parados no Natal e Ano Novo?
A CP não vende bilhetes, mais uma razão para se dizer falida e colocar
os trabalhadores na rua. E eles importam-se com isso? E quem se
importou com os passageiros? Ninguém…
……………………………….//………………………………………….

Vejam lá se percebem alguma coisa que eu não consigo.

Cirque du Soleil – Alegria – Sempre que está perto de Lisboa tento ir vê-lo com a m/Luana
que apenas com 4 anos adora circo. Fica extasiada.

Conversando…

Estive hoje a visitar uma pessoa com 80 anos, ainda com o marido a seu lado,
mas sem filhos. Quando estava a acabar a visita(que faço com alguma frequência)
o marido disse-me: “vê se podes vir mais vezes que ela gosta muito de conversar”…

Ontem também andei a passear (a aproveitar um belo sol de Inverno) com a minha
sobrinha-neta Luana, e ela também gosta da minha companhia…

Também sou voluntária no IPO, e tento dar o máximo de mim aos doentes, recebendo
em troca as suas palavras que muito me enriquecem…

Gosto da Blogsfera, dos meus amigos que visitam os meus blogues, dos seus
comentários, quase que não os conheço pessoalmente…

Assim “utilizo o meu tempo” que começa a não existir (para mim) mas é uma
forma que eu tenho de viver a vida, entre as crianças, as pessoas de idade
e os doentes. Enquanto a saúde mo permitir…

A todos os meus amigos

que me enviaram votos de Feliz Natal e que por qualquer esquecimento

possa não ter agradecido;

a todos os que desde que criei este blogue o visitaram ou deixaram

comentários e que possa não ter visitado os seus blogues;

a todos aqueles que têm sido tão simpáticos e acessíveis

cedendo os seus trabalhos, se a algum esqueci

eu quero dizer, que não foi por menos consideração

para convosco, mas apenas uma grande falha minha.

Neste dia de Natal, agora que já passou o maior “stress”

próprio desta quadra Natalícia, e recordando dois grandes

vultos da Cultura Portuguesa com este vídeo:

Fernando Pessoa e João Vilaret