Conversando…

Estive hoje a visitar uma pessoa com 80 anos, ainda com o marido a seu lado,
mas sem filhos. Quando estava a acabar a visita(que faço com alguma frequência)
o marido disse-me: “vê se podes vir mais vezes que ela gosta muito de conversar”…

Ontem também andei a passear (a aproveitar um belo sol de Inverno) com a minha
sobrinha-neta Luana, e ela também gosta da minha companhia…

Também sou voluntária no IPO, e tento dar o máximo de mim aos doentes, recebendo
em troca as suas palavras que muito me enriquecem…

Gosto da Blogsfera, dos meus amigos que visitam os meus blogues, dos seus
comentários, quase que não os conheço pessoalmente…

Assim “utilizo o meu tempo” que começa a não existir (para mim) mas é uma
forma que eu tenho de viver a vida, entre as crianças, as pessoas de idade
e os doentes. Enquanto a saúde mo permitir…

Autor: sinfoniaesol

Viver é o mais importante de tudo e se for com amizade, amor e saúde, que mais pedir?Viva a Vida!!!

7 opiniões sobre “Conversando…”

  1. lindo texto amiga irene como é gostoso quando podemos fazer a alegria de alguem dando uma atenção especial um carinho um abraço
    este é o melhor presente de natal que podemos ofertar a uma pessoa solitária idosa ou mesmo as crianças,adorei seu texto sua atitude
    um grande abraço com carinho marlene

  2. Faz muito bem amiga.
    O voluntariado é de importância capital e faz bem à alma de quem o pratica.

    Aproveitemos este sol que temos tido nestes dias.
    Ele mal aquece os ossos mas aquece seguramente a alma.

    Beijinhos

  3. Querida Amiga,
    Gostei muito de saber que é voluntária no IPO. Admiro a sua coragem e a sua sensiblidade.
    Também lhe quero dar os parabéns pelo seu site intemporal ser considerado um dos melhores da net. Fico verdadeiramente feliz!
    Beijos, Maria

  4. Olá!

    Ouvi algures que, hoje em dia, para nos dedicarmos ao voluntariado obrigam-nos a requisitos tais, que parece estarmos a concorrer a um emprego!
    Será assim… ou foi alguém que o disse para desmotivar? É evidente, que se torna implícita uma triagem. Pode haver oportunistas e gente de má fé, a querer fazer mal em vez de praticar o bem.
    Admiro muito as pessoas que assim se entregam, sem contrapartidas, muito embora comece a suspeitar da existência de alguma exploração
    de mão de obra gratuita.

    Significa dizer que, a admiro muito pela sua atitude humanista.

    Bem haja
    César Ramos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s