Só minha – gentilmente cedido por SOL da Esteva

Já salta, o meu coração,
Na esperança de te ver.
Logo, terei o querer
Superior à razão.

E penso que o que sentes
É igual ao meu sentir;
Que o desejo do porvir
É dos momentos presentes.

Pudera ter-te contente
E feliz, a toda a hora.
Pudera ter-te, só minha,

Sem reservas de mais gente,
Que bem podia ir embora.
Então, Amor, adivinha!…

sugiro uma visita ao seu blogue:

http://acordarsonhando.blogspot.com