O SOM NOSSO DE CADA DIA – gentilmente cedido por Celia Laborne

O SOM NOSSO DE CADA DIA
Célia Laborne

Todo som é vibração e toda vibração nos atinge no corpo físico, na emoção e na mente. A fala humana é um maravilhoso meio de comunicação que tem sido usado, nem sempre corretamente. Pois deveríamos produzir preferencialmente vibrações de harmonia, de coragem, de corrente positiva.
A fala humana é o termômetro de nosso mundo interior. O grau de equilíbrio, de dinamismo, de concentração ou de medo, de tristeza ou desânimo, são passados através de nossa fala para aqueles que nos ouvem.
Um Mestre de ioga diz que jamais se viu um verdadeiro iogue rouco ou fanhoso. Pelo contrário, ele tem a voz clara, harmoniosa, aveludada; jamais grita ou tenta suplantar a voz do interlocutor.
Observando o nosso modo de falar, ou daqueles que nos rodeiam, apreendemos o estado interior de cada um; percebemos o tipo de energia que circula em cada pessoa.
Simplesmente observando a voz pode-se saber muito sobre cada um; pelas palavras mais usadas, pela modulação da voz, pelo ritmo da fala, pelos gestos que acompanham as palavras.
Também a forma de rir é muito reveladora, é o espelho do mundo interno naquele momento; a altura, o equilíbrio ou o exagero tudo nos mostra o estado interno.
Até mesmo ao telefone, pode-se observar o estado interior de quem nos fala e pode-se também ser atingido pela corrente de energia que nos é transmitida. Há vozes deprimentes, lamurientas e há vozes alegres, vivazes, estimulantes. Há vozes calmantes e irritantes. Existem pessoas que nos cortam a palavra o tempo todo, mesmo quando nos perguntam algo, ou nos pedem uma informação. Há vozes lentas, suaves, compassadas e outras apressadas, prolongadas e nervosas.
Quem evolui um pouco muda sempre sua maneira de falar, seu tom e seu ritmo, seu riso e seus gestos, pois somos um todo, onde as correntes cósmicas jorram em nós como sopros de vida. Somos os instrumentos que se manifestam afinados ou desafinados, falhos ou perfeitos, melodiosos ou irritantes.
Educar a voz, selecionar as palavras, escolher os temas da conversa, preferir o correto, o elevado, o reconfortante é prova de um caminho evolutivo autêntico e superior. Pois a beleza, o ritmo e harmonia fazem parte das Leis da Natureza e tudo que foge a elas agride o ambiente e nos agride como um todo.
E o que se falou sobre as palavras é também muito válido para o canto que é ainda uma vibração mais poderosa e até sutil. As palavras, o tema, o ritmo são importantíssimos para o equilíbrio tanto do cantor quanto dos ouvintes.