Passos Mansos – Célia Laborne


 

Tenho medo de ti,

de teus olhos – negros como a noite –

que cantam baladas

e que prometem flores.

Tenho medo de ti,

de teus passos mansos

buscando o meu caminho.

Não venhas à minha porta

para seguir depois,

porque cobrirei de lágrimas

as lembranças que deixares.

Tenho medo de ti,

e outra vez te busco

entre soluço e riso.

E outra vez te espero

na estrada escura

de onde o luar fugiu.

Autor: sinfoniaesol

Viver é o mais importante de tudo e se for com amizade, amor e saúde, que mais pedir?Viva a Vida!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s