PORQUE EU TE AMO – OHASSAN

Um dia, podes deixar de me amar.

Pois o sonho não dura para sempre; como a neblina não resiste ao sol do

meio dia e a penumbra suave da noite se dissipa aos primeiros clarões da alvorada.

Um dia, talvez as nossas mãos se separem; talvez os nossos lábios não mais se encontrem, os nossos corpos não mais se pertençam e as emoções do amor não mais existam entre nós.

Um dia, talvez eu não exista sequer em tua memória; ou seja apenas uma vaga lembrança de um tempo que se foi. De um sonho que deixaste no passado.

Talvez que então as nossas horas de loucura nada signifiquem para ti; que os nossos momentos de carinho te provoquem enfado e as nossas juras te soem vazias.

Saberei entender que assim deve ser, para que possas seguir a tua jornada. Porque cada um tem o seu próprio caminho, e nem sempre podemos seguir de braços dados.

Conseguirei sorrir, ao ver a tua alegria. E jamais te pedirei para que voltes, pois não seria justo atrelar um grilhão aos teus pés, depois que o teu amor dotou de asas a minha alma.

Esconderei a minha saudade de nós dois, na lembrança de que um dia fomos um só coração; vencerei o desejo do teu corpo, que assombrará os meus dias vazios sem ti.

Deixa-me dizer-te agora, entretanto, que sempre estarás em mim. Ainda que caia o pano sobre nós, deixar-me-ei ficar nos bastidores, revivendo cada cena da nossa história.

Então, o palco escuro se iluminará com o brilho dos teus olhos; o silêncio será preenchido pelo som alegre do teu riso, e a tua imagem bailará na minha lembrança.

Deixa-me dizer-te agora que, ainda que me deixes, jamais sairás de minha alma. Como o aroma suave se impregna no ambiente que tantas vezes perfumou no passado.

Porque a verdade é que estás em mim. Como se fosses parte do meu sangue; como se eu respirasse o teu ar, bebesse o teu sorriso e enxergasse pelos teus olhos.

Sim; um dia, podes deixar de me amar.

E nada me caberá fazer, senão observar-te à distância, para tornar o mais fácil que puder o teu caminho. Para que possa estar presente, se necessitares de mim.

Porque eu te amo.  

sugiro uma visita ao seu blogue:
http://ohassan.blogspot.com