Lembra-te de mim – ROSA MARIA (cedido)

Lembra-te de mim…quando ouvires o pranto das rosas…eu parti
Quando nos teus sonhos não sentires a ternura do meu coração
Quando o silêncio gritar…sou eu amor do céu a chamar por ti
Quando ouvires um triste fado…são os acordes da minha solidão

Lembra-te de mim…quando a noite chegar e o sol se esconder
Quando ouvires o pranto da madrugada…é o eco minha saudade
Quando sentires na boca o perfume das rosas…sou eu a morrer
Quando ouvires o meu nome…esquece-o…já se fez eternidade

Lembra-te de mim…quando a poesia não gritar meus lamentos
Quando as minhas mãos nas tuas arrefecerem…sou eu a partir
Quando meus olhos ficarem mudos…apagados de luz sedentos
Quando sentires uma lágrima…é a minha alma para ti a sorrir

Lembra-te de mim…quando de mim nem um poema restar
Quando dos meus dedos inertes…se esfumarem as prosas
Na minha boca se calarem as palavras…deixar de sonhar
Quando sentires uma lágrima…sou eu a partir com as rosas

Lembra-te de mim…quando ouvires um magoado lamento
Quando sentires no teu corpo calor…é o meu que te quer
Quando os teus olhos chorarem…sou eu a ir com o vento
Quando escutares o silêncio…são os meus braços de mulher

Lembra-te de mim…quando na noite olhares a lua…sou eu
É o meu rosto que vês…envolto no sorriso do meu olhar
Quando adormeceres…recorda quem por amor se perdeu
Sente-me nas gotas de chuva…quando a saudade te tocar

Escrito por : ROSA MARIA

Rosa Maria(ou Sonhadora) é uma óptima poetisa. Seus poemas são muito acarinhados e sentidos pelos
seus seguidores tanto no seu blogue como na sua página do Facebook(Rosa Maria). Tenho muito
orgulho em que seja a Madrinha deste blogue.
O seu blogue: http://rosasolidao.blogspot.com

Autor: sinfoniaesol

Viver é o mais importante de tudo e se for com amizade, amor e saúde, que mais pedir?Viva a Vida!!!

6 opiniões sobre “Lembra-te de mim – ROSA MARIA (cedido)”

  1. Boa música… ando tão ocupada com a “vida real” que não me sobra um tempo para curtir as coisas boas da vida. Ando envolvida com a pintura das paredes, portas e janelas do meu novo lar: finalmente a casa própria, mas está dando um trabalhão insano! Abraços, e continue me querendo bem porque não custa nada.

  2. A minha “casa” está de portas abertas. Podes entrar e servir-te. A mesa está posta para te receber.
    É sempre benvindo quem vier por bem.

    Beijos

    SOL

  3. Olá Irene!
    Uma bela poesia, sempre difícil de comentar, tal a beleza a que a nossa Rosa Maria consegue imprimir a todas elas.
    E quanto ao resto, fica à vontade querida amiga. A casa é tua, passeia e colhe, escolhe o que entenderes.
    Obrigada pelo teu carinho.
    E “te cuida”!
    Um grande abraço

  4. Minha querida

    Não tenho conseguido comentar aqui, vamos ver se hoje fica.
    Quero agradecer o carinho das tuas palavras sempre cheias de carinho e amizade.
    Sabes que todos os meus poemas estão à tua disposição.
    um beijinho com carinho
    Sonhadora

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s