FALANDO EM CINEMA, E A TRILHA SONORA?

em Música por  em 08 de jul de 2012 às 04:29 |

Quando te perguntam sobre um filme, você se lembra da trilha sonora? Independente da resposta, clique aqui e relembre as trilhas mais inesquecíveis de todos os tempos!

tumblr_ljvzo8G8131qj9lk5o1_500.jpg

Eu tenho um sério problema com a 7ª arte! Uma certa resistência que atrapalha nossa relação, mas quando o assunto envolve trilha sonora, eu morro de amores. As trilhas desempenham um papel importantíssimo por eternizar os clássicos cinematográficos! Selecionei algumas famosas. Lambuze-se!

Psicose (1960), direção: Alfred Hitchcock.

A Pantera Cor-de-Rosa (1963), direção: Blake Edwards.

Anatomia de um Crime (1959), direção: Otto Preminger.

Lawrence da Arábia (1962), direção: David Lean.

O Poderoso Chefão (1972), direção: Francis Coppola.

Casablanca (1942), direção: Michael Curtiz.

A Primeira Noite de um Homem (1967), direção: Mike Nichols.

Ivan, o Terrível (1944), direção: Serguei Eisenstein.

E o Vento Levou (1939), direção: Victor Fleming.

Laranja Mecânica (1971), direção Stanley Kubrick.

2001 – Uma Odisseia no Espaço (1968), direção: Stanley Kubrick.

Chinatown (1974), direção: Roman Polanski.

Forrest Gump (1994), direção: Robert Zemeckis.

The Rocky Horror Picture Show (1975), direção: Jim Sharman.

Pulp Fiction (1994), direção: Quentin Tarantino.

No Decurso do Tempo (1976), direção: Wim Wenders.

Era uma Vez no Oeste (1968), direção: Sergio Leone.

Quase Famosos (2000), direção: Cameron Crowe.

Cidade dos Anjos (1998), direção: Brad Silberling.

Closer – Perto Demais (2004), direção: Mike Nichols.

Trainspotting (1996), direção: Danny Boyle.

Rocky: Um Lutador (1976), direção: John G. Avildsen.

Uma Linda Mulher (1990), direção: Garry Marshall.

Clube da Luta (1999), direção: David Fincher.

Meia-noite em Paris (2011), direção: Woody Allen.

Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças (2004), direção: Michel Gondry.

.

Os Sonhadores (2004), direção: Bernardo Bertolucci.

O Fabuloso Destino de Amélie Poulain (2001), direção: Jean-Pierre Jeunet.

Vanilla Sky (2001), direção: Cameron Crowe.

Grease: Nos Tempos da Brilhantina (1978), direção: Randal Kleiser.

Star Wars (1977), direção: George Lucas.

Os Reis do Iê, Iê, Iê (1964), direção: Richard Lester.

Fonte: Obvious