As cinco versões de O GRITO de Edvard Munch

em Arte por Jéssica Parizotto em 27 de ago de 2012

A célebre pintura de Edvard Munch possui cinco versões executadas em diferentes materiais e técnicas. Veja todas elas aqui.

Esta é a versão mais conhecida, pintada em 1893 em óleo e pastel sobre cartão, encontra-se exposta na Galeria Nacional de Oslo.

Versão que também data de 1893, feita a lápis, pode ser vista na Galeria Nacional de Oslo.

Executada em têmpera sobre cartão, em 1910, esta versão podia ser vista na Galeria Nacional de Oslo até 2004, quando foi roubada. Recuperada em 2006, a obra apresentava danos irreparáveis segundo especialistas.

Versão de 1895, feita em pastel sobre cartão, pertencia a uma coleção particular e em maio de 2012 tornou-se a obra mais cara arrematada em um leilão, vendida por US$ 119,9 milhões.

Como todas as outras obras de arte que tornam-se “fenômenos” de popularidade, para atender a demanda gerada por revistas e jornais, em 1900, Edvard Munch criou esta litografia. A base feita de pedra foi destruída pouco tempo depois.

Fonte:OBVIOUS

Autor: sinfoniaesol

Viver é o mais importante de tudo e se for com amizade, amor e saúde, que mais pedir?Viva a Vida!!!

Um pensamento em “As cinco versões de O GRITO de Edvard Munch”

Deixe uma Resposta para Hermínia Nadais Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s