O Menino Passarinho…

Pela cidade se esgueira invisível, sem ninguém,
Pessoas passam, o olham, mas, não o veem,
Franzino, menino, homem, alguém,
Pensa se está na vida, ou se já, no além…
Enquanto o dia passa, esconde-se na fumaça,
Indefeso, a mercê da maldade que o abraça,
Procura uma moeda, jogada ao chão,
Que na certa, não será para comprar o pão…
Já quase inconsciente, inerte, nada mais sente,
E a vida agora bonita, redemoinho de cores, mente,
O leva ao sonho, às vezes medonho, doente,
Enquanto definha, criança perdida, ausente…
Num canto escuro, por instinto se abriga,
Enrosca-se e nos próprios braços se acalenta,
Talvez sonhe que é a mãe que o coloca no ninho,
E no frio da noite, sozinho… Voou… O pequeno passarinho…
  Lani
(do blogue

Autor: sinfoniaesol

Viver é o mais importante de tudo e se for com amizade, amor e saúde, que mais pedir?Viva a Vida!!!

2 opiniões sobre “O Menino Passarinho…”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s