VONTADE DE DORMIR – Mário de Sá-Carneiro

Fios de oiro puxam por mim
A soerguer-me na poeira –
Cada um para o seu fim,
Cada um para o seu norte…

….. ……. ……. ………

– Ai que saudades da morte…
….. ……. …….. ……….

Quero dormir… ancorar….

….. ……. ……. ……….

Arranquem-me esta grandeza!
-Pra que me sonha a beleza,
Se a não a posso transmigrar?
posso transmigrar?…

Autor: sinfoniaesol

Viver é o mais importante de tudo e se for com amizade, amor e saúde, que mais pedir?Viva a Vida!!!

Um pensamento em “VONTADE DE DORMIR – Mário de Sá-Carneiro”

  1. Olá, Irene!

    Poema de quem de viver parece cansado… a puxar para o tristinho, apesar de lindamente escrito.
    Sabe melhor a música, a convidar à descontracção e relaxe
    Bom fim de semana, se possível com melhor tempinho; beijinhos,
    Vitor

Deixe uma Resposta para vitorchuva Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s