NAUFRÁGIO de Nilson Barcelli

nilson

Enquanto o verão
teima em preservar-se murado
pelas correntes austeras do inverno europeu,
importado sem barreiras
e acrescido do zelo provinciano dos inferiores,
também nós ardemos lentamente
numa espiral depressiva.

E o tempo do regresso às ideias
que rejeita toda a seiva das plantas
e onde as estrelas vão definhando
numa noite que escurece a cada espirro do algoz.

Brandos e arruinados,
vamos sorrindo com esta religião
que nos vende a felicidade dos pobres
em nome de um futuro luzente,
à mesa onde a vontade se dissipa “au ralenti”.

Resta-nos a cabana do esquecimento,
envolta pelas cerejeiras ao luar
ou pelas águas de Junho
a tornar o verde ainda mais verde,
onde podemos ruminar o naufrágio
à lareira baça da nossa indignação
Nilson_Barcelli

poema retirado do blogue
http://nimbypolis.blogspot.pt
com a devida autorização.

Autor: sinfoniaesol

Viver é o mais importante de tudo e se for com amizade, amor e saúde, que mais pedir?Viva a Vida!!!

4 opiniões sobre “NAUFRÁGIO de Nilson Barcelli”

  1. Querida amiga, que bela escolha. Eu sou fã do Nilson. Eu gosto muito da maneira que ele escreve, costumo ler mais de uma vez seus poemas. Ha uma beleza e sutileza peculiar que sempre acerto o autor.
    Bom domingo a todos.

  2. Olha a poesia é linda, a composição com a escultura no livro foi perfeita.
    Me perdoe por falta de comentários nessa página, mas estou tendo dificuldade para deixar comentários aqui mas tenho insistido até que consegui.
    Desejo-lhe uma linda semana.
    beijos
    Joelma

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s