Morreu hoje António Ramos Rosa – hoje também se completou 40 anos sobre a morte de Pablo Neruda

António Ramos Rosa - blogueO poeta e ensaista António Ramos Rosa, de 88 anos, morreu cerca das 14h de hoje, no Hospital Egas Moniz, em Lisboa, onde estava internado desde quinta-feira com uma pneumonia, disse ao Expresso uma sobrinha do escritor.

Gizela Ramos Rosa disse ainda que o tio já tinha sido internado recentemente, mas recuperara, regressando à residência Faria Mantero, um lar para artistas onde residia há vários anos.

Do seu círculo de amigos mais próximo – e da geração mais próxima da dele – fizeram parte os escritores “Vergílio Ferreira, Casimiro de Brito, João Rui de Sousa e Maria Teresa Horta”, disse ao Expresso o poeta Victor Oliveira Mateus. “Ramos Rosa apoiou alguns nomes das gerações seguintes com quem manteve relações de proximidade. Foi o caso de António Carlos Cortez, Maria Teresa Dias Furtado e eu próprio”, acrescenta Victor Oliveira Mateus.
Para o poeta e crítico literário António Carlos Cortez, “morreu, talvez, o último representante de uma geração de ouro da poesia portuguesa. Homens nascidos nos anos 10 e 20 do século XX, como é o caso de David Mourão-Ferreira, Carlos Oliveira e Mário Cesariny” [entre outros].
Ramos Rosa tem uma “obra multifacetada, embora predomine a poesia. Foi um exímio tradutor e ensaista”, lembra Oliveira Mateus.

“Em 2003, tive oportunidade de organizar e prefaciar “Os animais do sol e da sombra. Quando terminei tive a percepção clara de que Ramos Rosa era um poeta da metalinguagem”, diz António Carlos Cortez. “Mas isso não lhe retirou nenhuma leveza nem nenhuma naturalidade”, acrescenta.

António Ramos Rosa nasceu em Faro em 17 de Outubro de 1924. Foi Prémio Pessoa em 1988. No dia em que comemorou 74 anos, em 2003, a Universidade da sua terra natal, atribuiu-lhe o grau de Doutor Honoris Causa.

O poeta era casado com Agripina Costa Marques, autora de vários de livros, e pai de Maria Filipe Ramos Rosa. Ramos Rosa convidou a escritora e grande amiga Maria Alberta Menéres para madrinha da sua única filha.

Fonte:Expresso Online/Sapo

Autor: sinfoniaesol

Viver é o mais importante de tudo e se for com amizade, amor e saúde, que mais pedir?Viva a Vida!!!

Um pensamento em “Morreu hoje António Ramos Rosa – hoje também se completou 40 anos sobre a morte de Pablo Neruda”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s