D O M

nanci

Dom, dádiva divina, presente de Deus
Transformar sentimentos em palavras,
Assim são os poetas, que bailam suas letras
Contando, encantando…
Palavras, sentimentos, criam vida!
Espargem amor, consolam corações
Enaltecem a paz, cântico dos cânticos
Vidas que soam,
Voam as letras, tocam corações,
Apaziguam almas
Nas palavras consolam …
E a vida retratam.

Nanci Laurino
27/12/2013

68

Com este texto da Nanci, retirado, com a devida autorização da sua página do Facebook e porque estamos
a chegar ao final de 2013, quero agradecer IMENSO a poetas/poetisas/músicos/pintores/fotógrafos, etc.etc.
que me cederam gratuitamente os seus trabalhos.

Também a muitos amigos que me enviaram PPs dos quais extraí imagens para aqui colocar.

Também à Obvious que me envia muita informação com imagens e que “trabalho à minha maneira”
para aqui colocar aquilo que acho mais interessante,obviamente com adaptações minhas para
ficar um texto mais curto, para blogue.

À madrinha deste blogue Rosa Maria, também por toda a sua disponibilidade,
desde o primeiro momento.

Ao padrinho do meu blogue http://intemporal-pippas.blogspot.pt
Joaquín Duarte que está constantemente a enviar-me diverso
material que eu uso nos meus diversos blogues.

A muitos outros blogues que me deixaram partilhar os seus posts.

Enfim um obrigada a todos e sem vós este blogue não era o mesmo.

Ele é meu e VOSSO.

Que assim possa continuar em 2014.

Irene Alves

de Fernando Pessoa

pessoa

“Um dia a maioria de nós irá separar-se.

Sentiremos saudades de todas as conversas atiradas fora,

das descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos,

dos tantos risos e momentos que partilhámos.

Saudades até dos momentos de lágrimas, da angústia, das

vésperas dos fins-de-semana, dos finais de ano, enfim…

do companheirismo vivido.

Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre.

Hoje já não tenho tanta certeza disso.

Em breve cada um vai para seu lado, seja pelo destino ou por algum

desentendimento, segue a sua vida.

Talvez continuemos a encontrar-nos, quem sabe… nas cartas que trocaremos.

Podemos falar ao telefone e dizer algumas tolices…

Aí, os dias vão passar, meses… anos… até este contacto se tornar cada vez mais raro.

Vamo-nos perder no tempo…

Um dia os nossos filhos verão as nossas fotografias e perguntarão:

Quem são aquelas pessoas?

Diremos… que eram nossos amigos e… isso vai doer tanto!

– Foram meus amigos, foi com eles que vivi tantos bons anos da minha vida!

A saudade vai apertar bem dentro do peito.

Vai dar vontade de ligar, ouvir aquelas vozes novamente…

Quando o nosso grupo estiver incompleto…

reunir-nos-emos para um último adeus a um amigo.

E, entre lágrimas, abraçar-nos-emos.

Então, faremos promessas de nos encontrarmos mais vezes daquele dia em diante.

Por fim, cada um vai para o seu lado para continuar a viver a sua vida
isolada do passado.

E perder-nos-emos no tempo…

Por isso, fica aqui um pedido deste humilde amigo: não deixes que a vida

passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de

grandes tempestades…

Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem
morrido todos os meus amores, mas enlouquceria se morresem
todos os meus amigos!

Fernando Pessoa

anabela

“Mudei, mudei sim e mudei muito. Talvez alguns nem tenham percebido. Talvez outros sintam falta do que eu fui. Talvez outros achem um alívio terem se livrado de mim. Cada um teve de mim, o que julguei merecer. Errei nas dosagens, pequei por exageros. Nunca me deram um manual, passei a escrever o meu.”

Matheus Rocha*

(retirado,com autorização,
da página do Facebook
de Anabela de Araújo)

Mário Soares eleito figura do Ano(Prémio Personalidade do Ano/Martha de la Cal) pela Imprensa Estrangeira em Portugal

imagesCAB0MBEH

 

num ano em que Mário Soares sofreu um problema de saúde grave, e apesar da sua avançada idade,

não ficou quieto (como alguns “muitos portugueses”) e tem tomado posições contra aqueles que hoje

Governam o País, estão na Presidência da República e proliferam nos Órgãos de Comunicação Social.

a “botar palavra sempre do lado do governo” e sendo pagos para isso…

Aqueles que ignoraram as palavras do Papa Francisco, são os mesmos que têm atacado

Mário Soares, dizendo inclusivé que já está senil. Pois bem, os órgãos da Imprensa

Estrangeira em Portugal acabam de o eleger a Figura do Ano, que também irão

tentar abafar!

António José Seguro que reflicta nisto.

Irene Alves

 

 

Morreu o actor Peter O´Toole

O actor irlandês Peter O’ Toole, conhecido mundialmente por ser o protagonista do filme Lawrence da Arábia (1962), realizado por David Lean, morreu sábado aos 81 anos, no hospital Wellington de Londres, confirmou este domingo o seu agente.

O actor sobreviveu a um cancro no estômago em 1970, tendo-lhe sido retirado parte do pâncreas, mas morreu este sábado após “doença prolongada”, afirmou à imprensa o agente de O’Toole, Steve Kenis, citado pelo jornal The Guardian, embora o motivo da morte não tenha sido revelado.

Nascido na Irlanda, mudou-se cedo para a Inglaterra onde atingiu o apogeu em 1962 com o papel de T.E. Lawrence, o oficial do exército britânico que conseguiu unir as facções árabes na luta contra os turcos durante a I Guerra Mundial.

O filme de David Lean viria a ganhar sete óscares da Academia de entre dez nomeações, mas a estatueta de melhor actor escapou a Peter O’Toole. O actor, conhecido pela versatilidade e pelos olhos azuis, foi nomeado um total de oito vezes. Nunca ganhou. Só em 2003 acabou por levar para casa o cobiçado troféu, quando a Academia lhe conferiu um Óscar honorário pela sua longa carreira.

Inicialmente o actor rejeitou a distinção, explicando que ainda estava em forma para ganhar um Óscar nas categorias em competição, mas acabou por aceitá-la. Para além do Óscar honorário ganhou quatro Globos de Ouro, um BAFTA e um Emmy.

Num comunicado divulgado o ano passado, o actor revelava que se iria retirar, deixando o cinema e o teatro, embora segundo o Guardian, tenha sido revelado no mês passado que foi convidado para voltar aos filmes, nomeadamente para desempenhar um papel em Katherine Of Alexandria, um filme sobre a Roma antiga que irá estrear no próximo ano.

No referido comunicado de 2012 o actor afirmava que a sua vida profissional, no ecrã e no palco, lhe tinham trazido o apoio do público, para além de satisfação emocional e conforto material. “Levou-me a conhecer boas pessoas, grandes companheiros com quem partilhei os inevitáveis sucessos e fracassos comuns a todos os actores.”

A reforma aconteceu numa altura em que ainda estaba bastante activo, tendo participado em dois filmes estreados em 2012. Mas o actor referiu que a paixão de outrora já não era a mesma. “A paixão deixou-me e não vai voltar”, disse. “Digo adeus à minha profissão sem choros e de forma profundamente grata.”

Uma das filhas, Kate, já veio agradecer em nome da família todos “os gestos e votos de amor e afeição que lhe têm sido direccionados e à família.” Também o presidente irlandês, Michael Higgins, já lamentou a morte do actor, afirmando que “a Irlanda e o mundo acabam de perder um dos gigantes do cinema e do teatro. Todos os que o conheciam, como eu, vão sentir falta do seu humor e amizade”.

Fonte: Público-Cultura

Poema de Patrícia Pinna – Rosa

rosa

Rosa, que exala o aroma gostoso da prosa
Envolve com palavra gentil, degraus chegando ao céu anil
Formosura na candura do meigo olhar castanho-claro
Onde o movimentar dos olhos dançam com o corpo
Irradiando a luz que não cega, abrindo o caminho
Nos teus belos passos de flor, pétalas a bailar
Em teu suave respirar de generosidade

Veludo de rosa cobrindo-lhe a tez feliz
Veludo de rosa emocionante no timbre da voz
Ecoando nos mais longínquos territórios
Com a sabedoria agraciada pela divindade
A quem doa-se em amor, filha tua!

Rosa, a bailarina que promove o bem
Saúda os corpos com a entrega do seu
Trazendo saúde para o corpo e mente
Dom inerente com que foi abençoada

No ritmo acelerado bailou o meu coração
Ao descrever tamanha emoção
De bailar com ela em poesia
A mais natural, leve e graciosa
Amizade bendita e preciosa!

gentilmente cedido pela Patrícia Pinna

O seu blogue é:

http://redescobrindoaalma.blogspot.com.br