LEVANTA-TE DO CHÃO MULHER…de Rosa Maria(madrinha deste blogue)

RosaLEVANTA-TE DO CHÃO MULHER…

Levanta-te do chão mulher…esquece as ilusões da Primavera
Aconchega-te nos braços da noite e esquece o frio que sentes
Abraça esse corpo gelado…no leito onde já ninguém te espera
Nas madrugadas onde desenhas os sorrisos com que mentes

Levanta-te do chão mulher…não grites e nem chores por ti
Afasta-te do abismo que te chama…não bebas esse veneno
Que te serviram em cálice de absinto…veste-te de carmim
E guarda no teu coração aquela menina de olhar sereno

Levanta-te do chão mulher…volta ao ventre que te deu vida
Rompe as amarras que te prendem…voa no céu em liberdade
Aconchega as mágoas nos teus braços nús e encontra a saída
Não deixes que a vida te prenda…que te amordace a vontade

Levanta-te do chão mulher…reacende a chama da paixão
Não guardes as flores murchas que um dia te ofereceram
Faz delas as pétalas com que na noite adormeces a solidão
Prende nas tuas mãos a magia que os teus sonhos teceram

Levanta-te do chão mulher…rasga o silêncio que te sufocou
Entrega o teu corpo ao prazer…solta esse gemido de amor
Que guardaste por dentro da noite e na tua boca agonizou
Morre de amor mais uma vez para renasceres rosa em flor

Levanta-te do chão mulher…faz-te ardente madrugada

Regressa à vida e despede-te das tristes vestes de Outono

Faz da margem das tuas noites…um céu azul de alvorada

E desprende-te dos grilhões  que te amordaçam o sonho

(retirado, com a devida autorização,

da página de Facebook de Rosa Maria)