GAIVOTAS… de Lita Lisboa

GAVIOTAS
(imagenesfotos.com)lita lisboa

(Lita Lisboa .- autora do poema -.

barra-azul

Grasnam no céu, as gaivotas,
pairando sobre o oceano…
Fogem da Terra, assustadas
com a visão dum país amordaçado,
onde os ecos da voz se perdem
num canto à sombra do nada.

Grasnam as gaivotas,
chorando a dor
das extintas primaveras,
de aromas fenecidos.

Em mim, persistem seus lamentos
e consumida pelos sons,
que me arrebatam os sonhos
do nascer dum mágico elixir,
a alma quebra-se, orvalhada
e vou perdendo a vida aos poucos,
sem ainda ter morrido.

Lita Lisboa, in “Crepúsculo”, página 21, edições Temas Originais, Coimbra, 2012.

(gentilmente cedido)

Sugiro uma visita à página de Lita Lisboa
no Facebook

Autor: sinfoniaesol

A vida deve ser vivida intensamente. Sempre foi esse o meu lema.

5 thoughts on “GAIVOTAS… de Lita Lisboa”

  1. Olá, Irene!

    Os tempos são para lamento, e aumenta o número dos que se vão juntando ao ao coro…Lindo poema, sobre uma situação preocupante.

    Beijinhos
    Vitor

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s