do livro Portugal, Meu Amor de Ana Wiesenberger

ahnanananananalivroPortugal, meu amor
Meu destino por cumprir
Sebastião amordaçado na memória
Mensagem num horizonte sempre longínquo
Gaivota triste em cais de fome

Portugal, meu amor
Minha pátria dos que partem
E dos que esperam
Por melhores dias
Que tardam em chegar

Portugal, meu amor
Das gentes desavisadas
Das gentes desabituadas
Da coragem de dizer NÃO

Portugal, meu amor
Do povo amortalhado em tristeza
Confuso no seu viver dos dias
Que chora para dentro
Envergonhado demais para confessar a do
Portugal, meu amor
Liberta-te do Fado
Solta o teu grito
Dobra novamente o Cabo das Tormentas
Constrói a Boa Esperança com afirmação
Derrota os conformismos malfazejos
Os brandos costumes
Cabresto infame da razão e do caminho
Silêncio de vítima por preencher com vontade
E determinação

Portugal, agarra a hora
É sempre mais tarde
Mas nunca é tarde demais

Ana Wiesenberger in (Portugal, Meu Amor)

(poesia gentilmente cedida pela autora.
Sugiro uma visita à sua página do Facebook)

Autor: sinfoniaesol

A vida deve ser vivida intensamente. Sempre foi esse o meu lema.

4 thoughts on “do livro Portugal, Meu Amor de Ana Wiesenberger”

  1. Olá, Irene!

    Está aqui muito bem feito o retrato do Portugal que somos – em contraste com o Portugal que gostaríamos de ser. E que sempre parece que vamos adiando…Bonito poema!

    Beijinhos e boa semana.
    Vitor

  2. Um poema de que se magoa por ver Portugal tão magoado. Parabéns a Ana Wiesenberger. Um beijo para si.

    Pode sempre usar os meus poemas. Agradeço a divulgação.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s