É UM SEGREDO ENTRE NÓS – Manuel Sepúlveda

ester8

Depois do Amor…
Muito depois!…
Os meus olhos, ainda bêbados de tanto te olhar…
Não param de procurar o teu corpo ausente…
Sem cansar!
E todo êste desejo que sinto,
Me parece uma loucura!…
E como ele dura…
Tanto tempo depois de te deixar!

Mas também de repente,
Vem uma angústia
Envenenar a minha mente…
– É quando te vejo…
E se lhe vem juntar
O mêdo de te perder…
De nunca mais te voltar a ter!..

Olha bem!..
Tudo o que hoje aqui te digo…
É um segrêdo entre os dois
Para não o dizeres a ninguém!

E assim como t´o confesso…
Agora…sou eu que te peço:
Diz-me…
Se quando olhares para mim,
Contigo…
Acontece assim…
Também.

(retirado, com a devida autorização,
da página do Facebook de Manuel Sepúlveda)

Autor: sinfoniaesol

A vida deve ser vivida intensamente. Sempre foi esse o meu lema.

4 thoughts on “É UM SEGREDO ENTRE NÓS – Manuel Sepúlveda”

  1. Espero que aconteça o mesmo
    de parte a parte!

    Mas somos todos diferentes
    e se diz:

    “Que entre dois amantes há sempre

    Um que ama
    E outro que se deixa amar”

    E creio que é verdade!…

    O poema é nostálgico e muito belo!

    Maria luísa

  2. Um poema muito sentido. Lembrei-me de Miguel Torga quando diz: “Felizes os que amam depois do amor e só desejam no fim do prazer”…
    Um beijo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s