AMOROSAMENTE
Célia Laborne Tavares

* Por que dizer poemas quando a natureza se abre em poesia? Por que o desejo de criar quando a beleza se constrói, por si, à nossa volta? Onde a vibração é de luz a criação transcende o humano construir.
É tempo de arar o terreno, de preparar estruturas sólidas e permanentes para que a vida se instale definitivamente junto a nós, sem limites, sem véus e sem carências.
– Por que procurar o canto quando o silêncio começa a dar lições gratuitas de paz e harmonia, numa sintética transformação da sinfonia universal?
As sementes estão sendo plantadas para que, na hora da realização, haja flores abundantes para as oferendas. As palavras e atitudes jovens podem nos parecer novas, mas todos já sentimos que é amplo o desejo de comunhão. Todos os seres se igualam junto à luz. Os símbolos se acomodam em nossas mentes e fazem o primeiro trabalho para despertar-nos, para convidar-nos.
** A cada dia, os passos são mais apressados. Na aridez do caminho as plantas novas fazem a primeira sombra refrescante e, entre a aresta da pedra brota o primeiro filete de água cristalina, mitigando a sede.
E, porque tudo se faz novo sobre a Terra, difícil é descrever os cenários sem usar o simbolismo que nos leva às primeiras revelações. Mesmo em nossas míseras lutas cotidianas nada há, sobre a Terra, que não possa ser iluminado ou purificado pelo sol.
E, os que conhecem os iluminados caminhos da libertação são pródigos em nos estender as mãos num gesto de ajuda, a deixar marcos na estrada para que não nos percamos nas horas da noite.
*** As lutas e choques, deste tempo, são um prenúncio das possibilidades de abertura para uma era nova que pode chegar a qualquer hora, no interior de cada um.
O amor é o princípio da sabedoria, a fonte da paz, o germe da independência. Suas vivências se transformam em alimento natural da elevação humana. Amorosamente, a Terra produz suas riquezas e se cobre de plantas e flores, amorosamente as águas regam a Terra e espelham o céu. Na cadeia do amor ligam-se os homens e seu crescimento interior. Nosso encontro íntimo será, sempre, decorrência das vivências mais intensas do amor.
Cada palavra que o silêncio nos ensina tem a semente da criação e pode fazer-se sem limites quando irrigada pela seiva dos desdobramentos do amor.
**** Muitas vezes as perguntas se sucedem e as palavras parecem difíceis para quem apenas começa, mas, à medida que o sol se levanta, sua claridade mais violenta atingirá a tudo e a todos, sem necessidade de metáforas ou comparações insatisfatórias.
vivas10

Autor: sinfoniaesol

A vida deve ser vivida intensamente. Sempre foi esse o meu lema.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s