Nus e em poses sensuais em igrejas a sul de Moscovo, conforme refere a agência noticiosa Ansa, os padres que protagonizam o calendário são todos da Igreja Ortodoxa da Rússia.

O objetivo da Orthodox-Calendar (OC), que publica o calendário, é angariar fundos para “criar a primeira organização global contra a homofobia na religião ortodoxa”.

fonte: Visão/Sapopadres