Até o Primeiro-Ministro de França acha que os portugueses foram bastante sacrificados!!!

O primeiro-ministro francês afirmou esta sexta-feira em Lisboa que o crescimento regressou a Portugal, mas sublinhou que “os portugueses passaram por sacrifícios extremos”. “A Europa não pode ser apenas disciplina orçamental”, disse Manuel Valls.

Numa conferência de imprensa com Passos Coelho a seu lado, o chefe do Governo francês fez questão de manifestar a sua solidariedade para com o povo português que, em seu entender, nos últimos anos passou por “sacrifícios extremos”. Lembrou ainda que, ao contrário de Portugal, França não levou a cabo uma política de austeridade e não reduziu os salários dos funcionários públicos.

Nada que já não tivesse dito aos empresários portugueses com quem esteve reunido no Centro Cultural de Belém (CCB), durante a manhã, num evento que integrou a breve visita oficial que Valls realizou a Portugal. “As medidas de austeridade aplicadas em Portugal nada têm que ver com o que se passa em França”, disse.

Sublinhadas as diferenças, fez agulha para um futuro mais risonho: “O desemprego baixou, as exportações aumentaram, as finanças públicas melhoraram, Portugal beneficia da confiança dos investidores, resultados que advêm das reformas e são claramente fruto dos sacrifícios dos portugueses”.

Durante o encontro organizado com o apoio da Confederação Empresarial de Portugal (CIP) e da Câmara de Comércio e de Indústria Luso-Francesa, o primeiro-ministro francês apelou ao investimento em França e afirmou que o seu país quer ter “uma presença ainda mais forte” em Portugal. Segundo Manuel Valls, existem atualmente 750 empresas francesas em território português, que em conjunto criaram mais de 70 mil postos de trabalho.

“Outros [investimentos de França em Portugal] são possíveis nas privatizações e concessão de serviços públicos. Queremos ter uma presença ainda mais forte de França em Portugal”, frisou Manuel Valls, depois de dar o exemplo da compra da ANA pelo grupo francês VINCI, que classificou como “o maior investimento estrangeiro realizado em Portugal” ou o interesse da Numericable, através da Altice, na Portugal Telecom.

Manuel Valls esteve ainda reunido ao pequeno-almoço com o secretário-geral do PS, António Costa. “Somos amigos e socialistas”, declarou com sotaque português o primeiro-ministro francês.

Fonte: Expresso online
Foto: Tiago Miranda

VJIA6C3S

Autor: sinfoniaesol

A vida deve ser vivida intensamente. Sempre foi esse o meu lema.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s