Fonte: Expresso

Com 439 votos a favor, 119 contra e 40 abstenções, o Bundestag aprovou o início de negociações do Governo alemão para novo resgate à Grécia, o terceiro no espaço de cinco anos.

A extensão dos votos contra, nota a Reuters, é muito maior do que na anterior votação, para a extensão do segundo resgate – cujo prazo terminou no final de Junho -, tendo na altura havido a oposição de apenas 32 deputados.A discussão no Bundestag era, logo após a do Parlamente grego, a mais aguardada entre as votações dos deputados dos países da zona euro. Na quarta-feira, dia em que Atenas deu luz verde ao acordo saído da cimeira de domingo e segunda-feira, também a França deu o aval. Os finlandeses fizeram-no ontem e na manhã desta sexta-feira, poucos minutos antes da luz verde dada no Bundestag, também a Áustria concordou com o avanço para o terceiro resgate à Grécia.

Ao longo desta manhã, o ministro das Finanças alemão e a chanceler eram as vozes mais esperadas. Wolfgang Schäuble alertou que esta é a “última oportunidade” para lidar “com esta tarefa difícil” e pediu a aprovação do Bundestag para que que Berlim inicie os trabalhos do terceiro resgate à Grécia, dizendo que tem de se encontrar uma forma de ajudar o país a voltar aos mercados financeiros. Schäuble garantiu ainda que o corte na dívida de Atenas está afastada pela lei europeia.

Antes do ministro falou Angela Merkel. “As vantagens do resultado de segunda-feira superam as desvantagens. A minha resposta é um ‘sim’ convicto”, afirmou Angela Merkel perante a câmara baixa do Parlamento alemão, instando à votação a favor da implementação do acordo que levará ao terceiro resgate à Grécia.
“A alternativa ao acordo seria o caos”, disse Merkel, garantindo que – ao contrário do que defendeu o seu ministro das Finanças no eurogrupo do passado fim-de-semana – a saída da Grécia do euro durante algum tempo não era exequível. “O acordo com a Grécia é duro para eles, mas também para o resto da Europa”, defendeu.

Antes da votação, instando ao ‘Sim’ do parlamento, a chanceler disse que “esta é uma demonstração da solidariedade europeia nunca vista”. Dramatizando o discurso Merkel afirmou que a Europa vive um dos seus momentos “mais dramáticos”. “Se pensarmos em todos os desafios que temos perante nós – o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, os refugiados, a ameaça das organizações terroristas, sobretudo o ISIS – então apenas posso dizer: não estamos a decidir apenas sobre a Grécia, mas antes por uma Europa mais forte, uma Zona Euro mais forte. Está muito mais em jogo e é por isso que devemos tentar tudo para permitir que sejam iniciadas as negociações que levem a uma conclusão com sucesso”.

Agora, os gregos e os credores terão de se enfrentar de novo na mesa das negociações, em direcção à ajuda de 86.000 milhões de euros a libertar ao longo de três anos. A renegociação da dívida – que tanto o FMI como os governos de Paris e Berlim, entre outros, já admitiram como necessárias para a sustentabilidade da dívida – deverá voltar a ser discutida.

Discutir o prolongamento das maturidades, dispensar a Grécia de fazer pagamentos durante alguns anos ou reduzir a taxa de juro são medidas já avançadas como soluções por Christine Lagarde, em alternativa a um corte do valor devido pelos gregos. O FMI já colocou pressão sobre os credores da zona euro, alertando que poderá não emprestar mais dinheiro à Grécia – para juntar aos cerca de 24 mil milhões que já adiantou até ao momento – se não houver uma solução para a dívida.

No imediato, a Grécia deverá receber um empréstimo-ponte de 7.000 milhões de euros, defendido pela Comissão Europeia e já dado como aprovado pelos países da zona euro, ainda que possa haver oposição por parte dos restantes membros da UE.

Para poderem reabrir na segunda-feira, os bancos gregos tiveram, na quinta-feira, um reforço da linha de liquidez de emergência, cedida pelo BCE, em mais 900 milhões de euros, elevando o montante cedido a Atenas ao abrigo do ELA para 89,9 mil milhões.

card_merkel_01072015

Autor: sinfoniaesol

A vida deve ser vivida intensamente. Sempre foi esse o meu lema.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s