Como resistimos tão pouco comparado com os edifícios.

A vila onde nasci Alhos Vedros, foi em tempos muito importante,

chegando a ser sede de concelho. Sucede que os políticos já nessa

altura, faziam vários arranjos(e o Barreiro que pertencia a Alhos Vedros

acabou por se tornar mais importante e hoje é concelho).

Alhos Vedros neste momento é apenas vila e a sede do concelho é

na Moita.E aí que está o edifício da Câmara Municipal.

Falo dum edifício mtº. antigo que fica situado junto ao cais de

Alhos Vedros. Moinho da Maré.

Era designado por “Asenha” ou “Azenha”, nas escrituras de arrendamento,

dos séculos XVII e XVIII.Terá sido construído na primeira metade

do séc.XV.,por Pero Vicente na sequência de uma carta de sesmaria,

concedida pelo Infante D.João, Mestre da Ordem de Santiago.

A 13 de Fevereiro de 1435. Passou por várias vicissitudes mas

mantém-se de pé com algumas restaurações e presentemente

acontecem lá alguns eventos, nomeadamente exposições.

Em 1986, foi adquirido pela Câmara Municipal da Moita.

Anúncios

Autor: sinfoniaesol

Viver é o mais importante de tudo e se for com amizade, amor e saúde, que mais pedir?Viva a Vida!!!

1 thought on “Como resistimos tão pouco comparado com os edifícios.”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s