DINHEIRO NÃO DÁ FELICIDADE?

Desde miúda que comecei a ouvir isto.

Mas pensando bem, não acho que esteja certo.

Se se nasce numa família com posses, tudo é bem mais fácil…

Há despreocupação dos pais por tudo o que a criança precisa,
desde a alimentação, ao vestir, à assistência médica.

Depois é a escola. Tudo será mais fácil a nível da educação,
mesmo que não seja muito inteligente, se estiver em boas
escolas é mais fácil superar essa lacuna, acho eu.

Se os pais forem pessoas pobres, dificilmente irá para a Universidade,
tirará um curso superior, mesmo que seja muito inteligente…

Se não tiver um curso superior o acesso a um bom emprego será
muito dificultado, para não dizer quase impossível…

Também toda uma série de coisas que contribuem para uma
melhor qualidade de vida se tornam mais difíceis:
andar bem vestido
bem calçado
o corpo bem tratado, cabelo, etc. etc.

Até no acesso a ter um melhor auto-conhecimento de si próprio,
não pode fazer auto-análise, e poderia enumerar tanta coisa
que contribuem para que a pessoa se possa apresentar de uma
forma agradável.

Se estiver limitada em não ter algum dinheiro, nunca poderá se
apresentar como quem o tenha, mesmo que tenha vontade e gosto.

A apresentação não depende apenas do gosto, poderá ter-se
vontade de uma apresentação muito cuidada e tal não ser
possível e isto pode estender-se a vários factores.

Portanto: o dinheiro não dá felicidade, mas sem ele as limitações
ao longo da vida são sempre muitas.

Irene Alves