A m/disponibilidade para os blogues a partir de amanhã e durante um mês vai ser menor,

pois vou estar na Irlanda, para estar com a família e conhecer o

Daniel, o membro mais recente.

Despeço-me de todos com a amizade de sempre.

Irene Alves

Anúncios

Como resistimos tão pouco comparado com os edifícios.

A vila onde nasci Alhos Vedros, foi em tempos muito importante,

chegando a ser sede de concelho. Sucede que os políticos já nessa

altura, faziam vários arranjos(e o Barreiro que pertencia a Alhos Vedros

acabou por se tornar mais importante e hoje é concelho).

Alhos Vedros neste momento é apenas vila e a sede do concelho é

na Moita.E aí que está o edifício da Câmara Municipal.

Falo dum edifício mtº. antigo que fica situado junto ao cais de

Alhos Vedros. Moinho da Maré.

Era designado por “Asenha” ou “Azenha”, nas escrituras de arrendamento,

dos séculos XVII e XVIII.Terá sido construído na primeira metade

do séc.XV.,por Pero Vicente na sequência de uma carta de sesmaria,

concedida pelo Infante D.João, Mestre da Ordem de Santiago.

A 13 de Fevereiro de 1435. Passou por várias vicissitudes mas

mantém-se de pé com algumas restaurações e presentemente

acontecem lá alguns eventos, nomeadamente exposições.

Em 1986, foi adquirido pela Câmara Municipal da Moita.

Fonte: Sapo 24

Um alerta de segurança disparou esta tarde no coração de Londres depois de um homem ter sido abatido pela polícia após ter tentado entrar no Palácio de Westminster, derrubando várias pessoas à sua passagem. A polícia assumiu que, até mais informação estar disponível, está a tratar o assunto como um “incidente terrorista”.

 

Os acontecimentos precipitaram ao princípio da tarde de hoje, bem no coração de Londres, junto ao Parlamento e ao Big Ben. Várias testemunhas disseram ter visto um carro embater no gradeamento junto de Westminster Bridge, atingindo pessoas que ali se encontravam antes de o condutor sair do veículo e se dirigir aos polícias que estavam de guarda ao parlamento britânico. De acordo com testemunhas oculares, o mesmo homem terá atacado os polícias com uma faca antes de ser abatido. Às 2h45 da tarde, era reportada a existência de um polícia esfaqueado neste ataque. Foram ouvidos três tiros, reporta o The Telegraph, e as testemunhas disseram ter visto duas pessoas no chão. Quando carro avançou sobre as pessoas terão também ficado cerca de uma dúzia feridas.

Londres sob alerta: as imagens do terror em redor do parlamento britânico

Dentro do parlamento, os trabalhos foram suspensos e foi dito a todos os presentes para se mantivessem nos seus gabinetes. Citado pelo Guardian, David Lidington, líder da Casa dos Comuns, afirmou que “os eventos se precipitaram rapidamente” e que o conhecimento que tinha ao momento era “por agora muito limitado”. “O que posso dizer ao parlamento é que aconteceu um incidente sério. Parece que um polícia foi esfaqueado; e que o alegado atacante foi abatido por polícias armados. Uma ambulância está no local para levar os feridos e há relatos de mais incidentes violentos na vizinhança”.

Durante alguns minutos especulou-se sobre onde estaria a primeira-ministra inglesa Theresa May, tendo se sabido de seguida que estava está em segurança e que tinha sido levada do local onde tem também o seu gabinete.

A redacção do The Telegraph, que se encontra instalada perto do Parlamento e do Big Ben, relatou que a primeira indicação que teve de que algo se passava foi um disparo seguido de um grito vindo da direção da estação de metro de Westminster. “Ao princípio pensámos que era um acidente de carro, talvez com alguém atropelado, e eu e os meu colegas olhámos pela janela e vimos pessoas a fugir do local onde tínhamos ouvido o barulho”, escreveram os jornalistas ingleses.

Segundos depois, continuam no relato, cerca de num dúzia de pessoas pareceu forçar um portão em New Palace Yard, do lado oposto a Parliament Square. “Não era claro se a polícia tinha aberto os portões para deixar as pessoas entrar para sua proteção ou se os portões foram forçado pelas pessoas que queriam entrar”.

O que se seguiu foi o encontro entre as pessoas que tinham acabado de entrar por aquele portão e as que tinham fugido para ali oriundas da entrada para peões, e minutos depois um homem com uma arma, que se assumiu ser um agente da polícia, disparou três vezes no peito de um outro homem que corria  na sua direcção. O homem foi abatido e caiu.

“A polícia está a pedir às pessoas que evitem as seguintes áreas: Parliament Square; Whitehall; Westminster Bridge; Lambeth Bridge; Victoria Street na junção com Broadway e Victoria Embankment até à estação de metro de Embankment”, foi comunicado. As forças de segurança, incluindo polícias armados, mantiveram-se no local e foi dito que o ataque estava a ser tratado como um “incidente terrorista” até mais informação estar disponível.

A estação de metro de Westminster foi fechada a pedido da polícia e a rota dos autocarros a “toda a gente a correr” e que havia “um homem asiático de c0m 40 anos com uma faca com 17 ou 20 centímetros(7 ou 8 polegadas).

 

 

Sabe aqueles ingredientes que, além de serem utilizados na culinária, também podem ser úteis em outras situações do dia a dia?

O vinagre é um desses.

Pouca gente sabe, mas o vinagre pode fazer verdadeiras milagres no jardim da nossa casa.

E é bem melhor que fertilizantes e outros produtos químicos, pois é uma alternativa natural e saudável para proteger suas plantas.

Você vai se surpreender com os resultados.

Veja 12 usos possíveis deste incrível ingrediente em seu jardim:

1. Afasta animais

  • Gato, cachorro, coelho, toupeiras e roedores simplesmente fogem do cheiro do vinagre.
  • Portante, basta pulverizar um pouco em seu jardim para mantê-los longe.
  • Outra opção é pegar roupas velhas ou pedaços de pano, embebedar no vinagre e jogar por cima de estacas que cercam seu jardim.
  • Funciona mesmo!

2. Espanta formigas

  • Para quem não sabe, o vinagre é o inseticida orgânico mais eficaz.
  • Portanto, pulverize as áreas afetadas com vinagre e você se livrará das formigas rapidinho.
  • Repita o procedimento depois de alguns dias e não haverá mais nenhum problema com formigas.

3. Estende a vida de flores cortadas

  • Adicione duas colheres (sopa) de vinagre e uma colher (chá) de açúcar num vaso de flores.
  • Feito isso, coloque a planta no vaso e pode-a a cada 3-5 dias.
  • Desta forma, suas flores obterão os nutrientes apropriados que prolongarão a vida delas.

4. Remove as ervas daninhas

  • O vinagre é um dos melhores remédios para combater ervas daninha.
  • Adicione uma xícara de sal, duas colheres (sopa) de sabão e uma colher (sopa) de suco de limão em um galão de 5% de vinagre branco.
  • Misture bem os ingredientes e despeje-os em um frasco de spray.
  • Depois é só pulverizar toda a erva daninha em torno de seu jardim.

5. Elimina Insetos do Jardim

  • Misture uma parte de vinagre, três partes de água e uma colher (chá) de detergente em um frasco de spray.
  • Feito isso, mexa bem, coloque num frasco de spray e aplique em todo o jardim.

6. Afasta as moscas de fruta:

  • As moscas estragam os grutos do jardim.
  • Para se livrar delas, basta seguir o procedimento:
  • Misture uma colher (sopa) de melado, meia xícara de vinagre de maçã, um quarto de xícara de açúcar e um copo de água.
  • Despeje a mistura em algum recipiente de sua escolha e pendure-o em sua árvore frutífera.
  • As moscas de fruta vão atacar a mistura e ficar presas nela.
  • Este é também um método muito eficaz contra moscas domésticas.

7. Ajuda no crescimento das plantas

  • Mantenha suas plantas saudáveis.
  • Misture um copo de vinagre com um galão de água.
  • Pulverize nas plantas.
  • Você notará um crescimento significativo.

8. Remove a ferrugem das ferramentas de jardim

  • Pulverizar um pouco de vinagre não diluído em suas ferramentas ou apenas mergulhe-as nele por meia hora.
  • Em seguida, enxaguar bem e, assim, se livrará dos ferrugens.

9. Combate fungos

  • Se você notar que suas plantas não estão crescendo bem ou têm algumas manchas escuras nas folhas e caules, provavelmente é porque foram afetadas por algum fungo.
  • O vinagre branco vai resolver este problema e proteger as plantas.
  • Faça um pouco de chá de camomila e adicione duas colheres (chá) de vinagre.
  • Feito isso, pulverizar as plantas com esta mistura.
  • Se a planta forem rosas, a técnica é diferente:
  • Combine quatro litros de água com três colheres (sopa) de vinagre de maçã.
  • Pulverizar as rosas com esta solução e o fungo será eliminado.

10. Combate os caracóis

  • Tantos eles como as lesmas são pragas que destroem os jardins.
  • Espalhe vinagre na região para afugentá-los.

11. Acelera a germinação de sementes

  • Use vinagre branco para germinar sementes, em particular sementes que não brotam facilmente.
  • Com uma lixa grossa, esfregue as sementes.
  • Certifique-se de fazer isso uma noite antes de plantá-las.
  • Misture 125 ml de vinagre, 500 ml de água morna e uma borrifada de detergente biodegradável.
  • Em seguida, mergulhe as sementes na solução.
  • No dia seguinte, plante as sementes e elas crescerão muito rápido.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Fonte: Renascença no Ar

Vem aí uma onda de 13 metros. Veja as fotos que impressionaram os Açores

28 fev, 2017 – 11:27

Na segunda-feira, as ondas chegaram a atingir os 13 metros nos Açores. As ilha Terceira e do Pico terão sido as mais afectadas. O IPMA previa que as ondas não passassem dos cinco metros.

A+ / A-

Foto: António Araújo/Lusa

A dimensão das ondas que se formaram, na segunda-feira e madrugada de terça, no mar dos Açores não deixaram ninguém indiferente. Na ilha Terceira, turistas e populares fizeram o registo fotográfico e a Renascença mostra-lhe algumas das imagens mais marcantes.

Foto: António Araújo/Lusa
Foto: António Araújo/Lusa
Foto: António Araújo/Lusa
Foto: António Araújo/Lusa
Foto: António Araújo/Lusa

Conversando

Confesso que não percebo muito das partas técnicas do

funcionamento dos blogues e o WordPress ainda me é mais

complicado. Tudo o que faço aprendi sozinha e estou sempre

com receio de fazer asneira.

 

De há uns dias para cá, aconteceu uma coisa estranha:

Se entrar no blogue com o servidor Internet Explorer está

tudo bem, mas se entrar pelo Google a barra lateral não

está visível. Porquê  não sei!!!  Já fiz várias tentativas e

não resultou e tenho medo de estragar tudo.Como não

sei através de que servidor os visitantes que deixam

comentários o fazem,queria pedir que num comentário

próximo mo dissessem e também se vêem a barra lateral

ou não.

 

Obrigada.

Irene

 

 

 

 

 

 

 

Simone de Oliveira -fonte: Notícias ao Minuto

Mãe de António, com 55 anos e de Maria Eduarda, de 57, Simone de Oliveira viveu a maternidade de forma distinta e, de certa maneira, desafiadora. Quando em 1959 e 1961 os filhos nasceram, a cantora não estava casada com o Engenheiro António José Coimbra Mano com quem mantinha uma relação. Ainda assim, a maneira ‘ilegítima’ como construiu a sua família não a impediu de lutar por ela com ‘unhas e dentes’. Atualmente é uma inspiração para outras mulheres. Símbolo de força simone

 

Como é que surgiu a música na vida da Simone?

Ouvíamos um programa de rádio transmitido na Emissora Nacional, à sexta-feira, das 12h15 até às 13h00. Havia lá um rádio em casa e a minha mãe dizia-me, ‘oh, canta lá o fado’. E a minha irmã muito a medo disse [ao pai]: ‘ah, ela gosta muito do programa das cantigas, aquilo é uma escolinha, se o pai a deixasse ir lá essas três horas por dia era muito bom’. O meu pai levou-me até à escola de música, mas sem a expectativa de vir a ser cantora. E depois acabei por ir lá com a minha irmã, para passar ali duas horas ou três. Mas eu não queria nada ser cantora. O facto é que três meses depois estava a cantar naquele programa que ouvia às sextas-feiras. A televisão aparece três meses depois.

Ainda era muito ingénua nessa altura?

Claro que sim, de certa forma não nos preparávamos para a vida. Lembro-me de no dia em que o homem foi à lua estava eu e uma grande amiga minha, as duas estúpidas, ao pé da minha casa a olhar para a lua.

Eu não queria nada ser cantora. O facto é que três meses depois estava a cantar Olhando para trás, como é que vê a atual geração?

Esta geração mais nova acha que tudo está feito. Já nascem com tudo feito. Por isso às vezes têm pouca capacidade de sonhar. E quando não se sonha tem-se um dia a dia horrível. Hoje um miúdo de cinco anos mexe melhor no tablet do que eu. Percebo que é um meio de comunicação extraordinário, mas também é um meio de invasão. Esta globalização tirou a privacidade toda e acho que as pessoas têm de ter os seus jardins secretos. Acho o Facebook, por exemplo, uma arma perigosíssima.

Sente que existe um fascínio dos mais jovens pela ‘fama’ que as redes sociais ou os meios de comunicação podem trazer?

Sim, sim, adoram mostrar os filhos e as filhas. São opções, não estou a fazer uma crítica. Estou a dizer que não o fiz, nem o faria.

Esta geração mais nova acha que tudo está feito. Já nascem com tudo feito. Por isso às vezes têm pouca capacidade de sonharPor isso é que sempre tentou proteger os seus filhos da exposição?

Sim. Nunca tirei fotografias com os meus filhos. Tirei ao longo da minha vida, duas ou três fotografias com eles já com mais de 20 anos. Nunca fui de mostrar nem filhos, nem netos. E não percebo porque é que as pessoas o fazem.

Sente que hoje é uma inspiração para outras mulheres?

Acredito que sim… tive os filhos sem ser casada. Um dia o pai dos meus filhos disse-me, ‘agora vamos para África, não sei para onde, lá para Moçambique’… e eu disse: ‘ai vamos? Eu não vou’.

A Simone sempre teve coragem de dizer que não?

Sim. Eu pensava assim, tinha 23 anos, África para mim era como se fosse a lua. Ir para o mato para uma tenda com um filho de seis meses e uma filha com dois anos e pouco… ‘está doido, vá você que eu não’. E não estou nada arrependida.

Como é que os seus pais reagiram quando souberam que estava grávida sem estar casada?

O meu pai só percebeu quando a neta nasceu. Mas teve uma paixão absoluta por ela… É tudo muito cheio, a minha vida foi toda muito cheia.

De momentos maus ou bons?

A minha vida é preenchida de coisas magníficas, mas também de coisas muito complicadas. Perdi a voz a seguir à ‘Desfolhada’, fiquei muda. Sem voz, nada. Faringite, laringite, faringite… e como tinha um empresário que não me deixava parar, embora o médico tivesse passado o atestado: ‘essa senhora não pode cantar durante três meses porque tem uma faringite’. Até que um dia a goela acabou.

É tudo muito cheio, a minha vida foi toda muito cheiaComo é que lidou com isso?

Eu tinha 30 anos. Uma filha com 10 e um filho com oito. E pensava: ‘e agora?’. Depois acontecem assim uns golpes que eu digo que são os meus arcanjos. Havia um jornalista, o Mário Silva, e estava eu em casa com uma almofada por cima da cabeça a chorar a pensar como é que ia ganhar dinheiro. Recebo uma chamada: ‘olá Simone, você quer escrever, quer vir para o jornal?’. ‘Eu, porquê?’. No mesmo dia telefona-me o Vasco Morgado: ‘oh vedeta, você quer vir para o teatro?’. Eu? Sempre quando está tudo ‘meu Deus o que é que eu faço, meu Deus para onde é que eu vou’ vem não sei de onde uma coisa qualquer de que não estou à espera. É por isso que eu tenho um lado esotérico muito meu. Acredito nas boas energias.

E nas pessoas, acredita ou confia?

Não, em quase ninguém. Confio nos meus amigos, tenho quatro ou cinco e nos meus filhos, claro… de resto estou sempre com os dois pés atrás. Aprendi isso com a vida.

Não sou de abraços nem de beijinhos. Sou do abraço forteOlhando para trás, qual o seu lema de vida?

Não faças aos outros aquilo o que não queres que te façam a ti. E eu tentei a minha vida toda viver de acordo com aquilo que sinto, que sou.

Como se define?

Acho que sou cordata, sensata, não sou vaidosa, porque se não não me aguentava a mim própria. Sou extremamente atenta ao outro, não sou de abraços nem de beijinhos. Sou do abraço forte.

*Pode ler a primeira parte desta entrevista aqui.