Paula Rego

A estimativa base da Christie’s para “Looking Back”, de 1987, era de de 600 mil a 800 mil libras ( 675 mil a 900 mil euros) mas a licitação final foi de 769 250 libras (866 175 euros). O anterior recorde tinha sido registado em 2008 na leiloeira rival Sotheby’s, quando “Baying”, de 1994, foi arrematado por 558 mil libras (740 mil euros no câmbio da altura).

O valor do quadro hoje vendido deve-se ao significado e importância da tela na vida e carreira da pintora portuguesa, que terminou a obra em 1987, ano em que foi mostrada pela primeira vez em Londres, na galeria Edward Totah.

O quadro é considerado um estudo ambíguo das relações entre mulheres, mostrando duas figuras femininas reclinadas sugestivamente sobre uma mesa, enquanto uma criança está ajoelhada no chão junto a um cão.

“Looking Back” foi exposto em Lisboa, na Fundação Calouste ulbenkian e no Museu da Fundação Serralves, no Porto, em 1988, e no Centro Cultural de Belém, mais tarde, em 1997, ano em que Paula Rego teve uma retrospectiva no Museu Tate Britain em Liverpool.

A obra, que o coleccionador Charles Saatchi comprou após uma exposição na Serpentine Gallery, em 1988, foi a leilão juntamente com um conjunto de obras da ex-mulher Kay Saatchi, que vai regressar aos EUA.


Económico/Lusa

Anúncios

quero ficar perto de ti…
colocar as minhas mãos sob as tuas,
ver os teus olhos…
descobrir o segredo do amor…
abraçar-te…
beijar teus lábios
maravilhosamente delineados…
Deixa-me caminhar a teu lado,
por toda a nossa vida…
Quero sofrer contigo,
Sorrir contigo, amar contigo…
ser forte nos seus momentos de fraqueza…
amar-te por inteiro,
sem dimensões…
acariciar teu rosto querido…
quero partilhar contigo o mesmo tecto,
Quero alimentar-me com o teu amor…
Quero viver contigo para sempre…
Quero mostrar-te como sou!
Sabes…
Eu amo-te!
Sem desconfiança,
sem deixar de ser leal contigo.
Nunca deixarei
que este sentimento maravilhoso
chamado amor
se apague do meu coração…
Sim!
Porque a chama do amor
estará sempre acesa dentro de nós,
no íntimo, no nosso coração.
Amo-te!
Quero ficar contigo para sempre…
Deixa-me amar-te…

cedido por Valéria

visite seu blogue:

http://lerica10.blogspot.com

ESTE É O MEU CORPO de NILSON BARCELLI

Ele disse:

“E no princípio era o verbo.”

………………..

Se não sabes o que diz a ideia,

não tens de convencer o enunciado

a renascer aos teus olhos

e muito menos de te exasperar

na revelação do enigma.

……………….

Ajoelha-te.

protesta contigo numa prece,

esquece o mistério do princípio

e salta para a incerteza do fim.

Sabes para que serve a tua alma

e qual o seu destino?

………………..

Se isso também não sabes,

desiste e concentra-te no meio,

que é o teu corpo.

Faz orelhas moucas

à sístole e à diástole da palavra

e diz alto e bom som:

………………

“Este é o meu corpo

e o verbo está dentro de mim…”

gentilmente cedido

por NILSON BARCELLI

sugiro visite seu blogue:

http://nimbypolis.blogspot.com