——A criatividade lusa nunca pára, mesmo em estado de quarentena. Até agora, a compilação de piadas lusas vai assim:

1. Hoje de manhã, no café, quando tomava a bica, entraram duas pessoas com máscaras e foi o pânico geral. Só quando eles disseram que era um assalto é que a malta sossegou.

2.– Amor, estou no supermercado, queres alguma coisa?
– Levaste a máscara?
– Sim.
– Traz a caixa registadora.

3– Amiga, acabo de ver o teu marido aqui, no Lidl, com uma gorda. Vou segui-los. Já te conto.
– Cabra de merda. Sou eu.

4. Só me fazem disto. Disseram que para ir às compras bastava levar luvas e máscara. Mentirosos! Os outros iam todos vestidos.

5. Mamã, porque é que o pai é tão feio?
– Foi assim, filha. Conhecemo-nos numa fila do supermercado, tínhamos uma máscara e estávamos a dois metros de distância. As coisas, na altura, eram muito complicadas para os míopes.

6. De repente, já cumprimos mais prisão domiciliária do que o Ricardo Salgado.

7. Sabe aquela parte da Cinderela em que entram os passarinhos e ajudam a arrumar a casa? Então, alguém tem o contacto dos passarinhos?

8. Quem ainda não tem o Covid-19, já não vale a pena [ter]. Em Setembro já vai sair o Covid-20, com muito mais funcionalidades.

9. Provérbios adaptados: ‘Março, marçagão, de manhã pijama, à tarde roupão’ ; “Em Abril, Covids mil”.

10. Nem nos meus sonhos mais loucos imaginei entrar num banco com máscara para levantar dinheiro.

11. Quando isto tudo terminar vou tirar uns dias de descanso.

12. Aviso: Quando isto acabar vou fazer uma quarentena ao contrário – 14 dias sem ir a casa.

13. Sabem-me dizer quando podemos receber novamente pessoas em casa? A minha mulher está há dois dias a bater à porta.

14. Esse vírus só pode ter sido criado por uma mulher. Conseguiu cancelar o futebol, fechar os bares e manter os maridos em casa.

15. Fiquem tranquilos. Com 15 dias de escolas fechadas, as mães vão desenvolver a vacina.

16. Hoje vou deixar uma garrafa em cada divisão da casa. Assim, logo à noite, vou dar uma volta pelos bares.

17. Nunca vi uma merda ‘Made in China’ durar tanto!!!

18. Se este é o vírus chinês imaginem o original.

19. Esta é a primeira vez na História que o original vem da China e a cópia de Milão.

20. Falaram-me de uma série de abdominais, mas não a encontro na Netflix.

21. Última hora: as estatísticas de infidelidade baixaram 80%. Um êxito.

22. Não se pode tocar, beijar e tem de se manter distância… Porra! Isto não é um vírus; é uma casa de strip.

23. Uma conclusão é certa: ter coronavírus é igual a ter um par de cornos. Uns já têm; outros vão ter; e muitos nunca vão saber que tiveram.

24. Desconfio que as abreviaturas a.C. e d.C. vão assumir um novo significado.

25. Bem-aventurados os que andam passeando à toa na rua, em breve eles verão o Senhor. Teimosos 1.1.

26. É Semana Santa. Se você não sabe ressuscitar, fique em casa.

É domingo, o convento está quase vazio e pouco falta para a missa das 9.
Dois padres vão tomar banho. Já estão nus quando dão pela falta de sabonete que a pressa fez esquecer.
Diz um deles: -Vou num instante ao meu quarto que fica aqui mesmo ao fim do corredor e trago dois sabonetes.
E juntando a fala à acção, corre para o quarto, tão despido quanto está.
De volta, com um sabonete em cada uma das mãos, dá de caras com três freiras, já a caminho da missa. A primeira coisa que se lembra é fingir-se de estátua.
As freiras olham espantadas a estátua desconhecida e comentam :
– Que figura linda, perfeita…
Uma delas, de olhar fixo na ‘pindureza’ do padre, resolve dar-lhe um puxão.
A reacção do padre à dor provoca a queda de um sabonete.
A freira apanha-o e conclui para as outras:
– Afinal, não é estátua nenhuma. É uma máquina de sabonetes!
A freira mais próxima também quer:
Outro puxão, nova dor e o segundo sabonete no chão!
– Que coisa gira!!! – Exclamam, felizes.
A terceira freira, não querendo ficar atrás, também dá o seu puxão e nada!
Puxa de novo e nada; outra vez e nada; e puxa e nada; e puxa e puxa e
puxa e puxa, puxa, puxa, puxa, puxa, puxa, puxa…

-Deus seja louvado … também dá ‘gel de banho’!!!

Um Engenheiro morreu e chegou às portas do Céu (É sabido que os Engenheiros, por sua honestidade, vão sempre para o céu!!!!!).

São Pedro procurou a ficha do Engenheiro nos seus arquivos mas, como ultimamente anda um pouco desorganizado, não a encontrou na montanha de documentos.
Então, disse para o Engenheiro:

– Lamento, mas o seu nome não consta de minha lista…

Assim, o Engenheiro foi ter às portas do Inferno, onde lhe deram imediatamente moradia e alojamento.
Pouco tempo passou e o Engenheiro cansando-se de sofrer as amarguras do inferno, pôs-se a projectar e a construir melhorias.
Com o passar do tempo, o Inferno, já tinha, projecto de segurança contra incêndios, projecto térmico e acústico, sistema de monitorização de cinzas, ar condicionado, escadas rolantes, aparelhos electrónicos, redes de telecomunicações, programas de manutenção, sistemas de controle visual, tudo ISO 9000.
E o Engenheiro passou a ter uma excelente reputação.

Um dia, Deus, estranhando a falta de reclamações que normalmente lhe iam chegando das bandas do Inferno, chamou o Diabo pelo telefone e perguntou desconfiado:
– Como estão vocês aí no Inferno?
– Estamos muito bem! Temos projecto de segurança contra incêndios, projecto térmico e acústico, sistema de monitorização de cinzas, ar condicionado, escadas rolantes, etc. Tudo a 100%! Se quiseres algumas dicas de implementação destes sistemas, podes mandar um e-mail para meu endereço, que é “mailto:odiabofeliz@inferno.com”.
E olha que eu ainda nem sei qual será a próxima surpresa que o Engenheiro nos reserva!

– O QUÊ? O QUÊ? Vocês têm aí um Engenheiro?!
Isso é um erro! Nunca deveria ter chegado aí um Engenheiro!
Os Engenheiros vão sempre para o Céu! É isso que está escrito e resolvido. Manda-o de volta para o Céu, imediatamente!
– Nem pensar!!! Estou a adorar ter aqui um Engenheiro na organização…
E garanto-te que vou ficar eternamente com ele!
– Manda-o para Mim ou… levanto-te um PROCESSO !!!
E o Diabo, dando uma tremenda gargalhada, respondeu a Deus:
– Ah, sim? Então, só por curiosidade, diz-me uma coisa:
Onde vais tu, ó Deus, arranjar no céu um Advogado, um Juiz ou um Procurador? Estão todos aqui !!!