Ainda não está morta politicamente…

Hillary Clinton
Hillary Clinton está de volta: tem recados para Trump e um novo lema de vida

29/3/2017, 18:

A candidata derrotada na última corrida presidencial norte-americana voltou ao comentário político depois de quase cinco meses em silêncio. E regressou com mensagens para Trump e um novo lema de vida.



Hillary Clinton discursou esta terça-feira, em São Francisco, perante uma plateia de 3.500 gestoras e empresárias

O casaco de cabedal roxo e a pose descontraída com que subiu ao palco foram os primeiros sinais de que havia algo diferente em Hillary Clinton. A confirmação chegou logo a seguir quando começou a discursar, esta terça-feira, perante uma sala esgotada e uma plateia de gestoras e empresárias, em São Francisco. A democrata está de volta às farpas políticas, mas com um novo lema de vida que resumiu em quatro palavras: “Resistir. Insistir. Persistir. Empenhar.”

Desde 8 de Novembro de 2016, mês em que saiu derrotada da corrida presidencial norte-americana, que a democrata não se alargava a comentários políticos em público. Um silêncio de quatro meses a que a própria democrata pôs fim ontem, em São Francisco, no encontro anual da Associação das Mulheres Executivas da Califórnia. “Não há nenhum outro sítio onde eu mais gostasse de estar do que aqui convosco”, começou por dizer na nota de abertura do seu discurso, para logo a seguir acrescentar, “a não ser na Casa Branca”.


Não há nenhum outro sítio onde eu mais gostasse de estar do que aqui convosco, a não ser na Casa Branca”.

Clinton não escondeu a sua desilusão com o desfecho das eleições. “Os últimos meses não foram exatamente como eu tinha imaginado, embora saiba porque continuo a lutar: por uma América mais justa, generosa e inclusiva. E os grandes assuntos pendentes do século XXI”, em que destaca os direitos das mulheres, “não podem esperar mais”. Prometeu, por isso, continuar a bater-se publicamente por essa causa e, reforçou, “este é o momento para exigir o progresso que queremos ver e eu vou acompanhar todos os passos desse caminho”, avisou.

Sem nunca mencionar o nome de Donald Trump, o discurso de Hillary Clinton visou várias vezes a Casa Branca e o agora Presidente dos EUA. Como quando aplaudiu o falhanço da proposta que iria acabar com o ObamaCare, o programa de saúde criado pelo anterior presidente, numa ação que apelidou de “desastrosa”. Ou quando se referiu a uma “nova vaga de resistência” à administração Trump, que indica que os protestos contra a atual administração ainda só estão no início.


Há uma “nova vaga de resistência” à administração Trump, que indica que os protestos contra a atual administração ainda só estão no início, defendeu Clinton.

Depois da última derrota presidencial, foram raras as vezes em que a ex-secretária de Estado e mulher de Bill Clinton apareceu em público. Uma dessas excepções foi logo a seguir às eleições quando, num passeio em Nova Iorque com o marido, se cruzou com outra mulher na rua que partilhou esse encontro acidental nas redes sociais. Já este mês, num discurso também para uma plateia feminina na Pensilvânia, ela avisou que estava a preparar-se para sair da sombra e a mudar o seu ‘low profile’. Isso aconteceu esta semana e pode ser o início de uma nova vida política de Hillary Clinton.

O discurso e debate em que Hillary Clinton participou esta semana, em São Francisco, pode ser revisto neste vídeo.

Recomendamos

Presidente Trump
Democratas também se terão reunido com russos

13/3/2017, 9:34

Anúncios

Fonte: Renascença no Ar

Redes sociais e jornalistas estrangeiros não perdoam busto de Ronaldo

29 mar, 2017 – 14:34 • Filipe d’Avillez

Em Portugal, mas sobretudo no estrangeiro, muitos comentam o busto de Cristiano Ronaldo. “Para um homem bem parecido, ele tem um tremendo azar com escultores”, comenta um jornalista.


Busto de Cristiano Ronaldo está a dar que falar nas redes sociais. Foto: Gregório Cunha/Lusa

Os discursos de Ronaldo e de Marcelo Rebelo de Sousa foram o ponto alto da atribuição do nome do futebolista ao aeroporto da Madeira. Mas as atenções acabaram por ser roubadas pelo busto de CR7, que foi desvendado durante a cerimónia.

“Para um homem bem-parecido, o Cristiano Ronaldo tem um tremendo azar com escultores”, comenta Tom Williams, correspondente desportivo da AFP. Outro jornalista, Martin Belam do “The Guardian”, admite que mal viu a imagem da estátua desatou-se a rir.

Mas vários utilizadores lusófonos das redes sociais juntaram-se ao coro das críticas, com um a comentar que quem fez o busto deve ser um grande fã de… Messi.

Aqui estão alguns dos melhores “tweets” sobre o assunto.

Segundo a revista Sábado, o busto é da autoria do madeirense Emanuel Santos e levou 15 dias a esculpir.

Esta é a segunda representação de Ronaldo na ilha da Madeira. A primeira, uma estátua de corpo inteiro, também em bronze, já tem alguns anos e na altura também causou bastante polémica.

Como resistimos tão pouco comparado com os edifícios.

A vila onde nasci Alhos Vedros, foi em tempos muito importante,

chegando a ser sede de concelho. Sucede que os políticos já nessa

altura, faziam vários arranjos(e o Barreiro que pertencia a Alhos Vedros

acabou por se tornar mais importante e hoje é concelho).

Alhos Vedros neste momento é apenas vila e a sede do concelho é

na Moita.E aí que está o edifício da Câmara Municipal.

Falo dum edifício mtº. antigo que fica situado junto ao cais de

Alhos Vedros. Moinho da Maré.

Era designado por “Asenha” ou “Azenha”, nas escrituras de arrendamento,

dos séculos XVII e XVIII.Terá sido construído na primeira metade

do séc.XV.,por Pero Vicente na sequência de uma carta de sesmaria,

concedida pelo Infante D.João, Mestre da Ordem de Santiago.

A 13 de Fevereiro de 1435. Passou por várias vicissitudes mas

mantém-se de pé com algumas restaurações e presentemente

acontecem lá alguns eventos, nomeadamente exposições.

Em 1986, foi adquirido pela Câmara Municipal da Moita.

fotos que talvez ainda não tenha visto – nº3

Pyotr Ilyich Tchaikovsky (1840-1893) on antique print from 1899. Russian composer. After unknown artist and published in the 19th century in portraits, Germany, 1899.

1 – Hitker

2 – escrito russo – Leon Tolstoi com os netos, em 1909

3 – Mahatma Ghandi – 1940

4 – Marilyn Monroe em 1940

5 – Martin Luker King assassinado em 1968

6 – Michael Jackson – 1985

7 – Picasso com uma cabra da sua autoria em 1950

8 – Piotr Ilych Tchaikovski meditando em 1892

9  – New York em 1865

10-  Walt Disney em 1952

11 – Winston Churchil – 1879-1884-1901 e 1960